Modelagem Preditiva do Comportamento de Operações de Pista da Aviação Comercial nos Aeroportos Internacionais do Galeão, Brasília, Guarulhos e Recife

Aluno(a): 

  • Adriano Duarte da Silva

Data: 

15/07/2016 - 14:00

Local: 

Praia de Botafogo, 190, auditório 317 - Rio de Janeiro, RJ

Resumo: 

A aviação brasileira viveu momentos de crescimentos da oferta e da demanda nos últimos 10 anos, o que gerou a necessidade de planejar e investir no aumento da infraestrutura do Sistema de Controle do Espaço Aéreo Brasileiro (SICEAB), do parque aeroportuário e dos serviços envolvidos na oferta e na demanda da aviação e das companhias aéreas (exemplo a demanda por Querosene de Aviação - QAV).

O principal objetivo deste trabalho é contribuir para a criação de um modelo preditivo do comportamento das operações de pousos e decolagens dos principais aeroportos brasileiros para o curto e médio prazo. Utilizaremos o modelo Box-Jenkins (ARMA), combinado com covariáveis, para prever a quantidade de operações de pousos e decolagens da aviação comercial em quatro aeroportos brasileiros: Aeroporto do Galeão/RJ, Aeroporto de Brasília/DF, Aeroporto de Guarulhos/SP e Aeroporto de Recife/PE.

Verificamos que os modelos se ajustam bem no curto prazo, mas que no médio prazo poderão necessitar de mais dados que podem interferir na quantidade de pousos e decolagens de forma atípica, como, por exemplo, a redução da malha aérea devido à crise econômica brasileira dos últimos 2 anos.

Os dados utilizados neste trabalho são pertencentes ao Centro de Gerenciamento da Navegação Aérea (CGNA) que é uma unidade militar subordinada ao Departamento de Controle do Espaço Aéreo Brasileiro (DECEA). Portanto, a previsibilidade da demanda de tráfego aéreo ajudará na alocação de recursos no gerenciamento de tráfego aéreo.

*Texto enviado pelo aluno. 

Membros da banca: 

  • Vincent Gerard Guigues (orientador) - FGV/EMAp
  • Renato Rocha Souza - FGV/EMAp
  • Paulo Cezar Pinto Carvalho - FGV/EMAp
  • Ralph S. Silva (membro externo) - UFRJ