Pós-Graduação

Doutorado em Modelagem Matemática

Duração do curso
4 anos
Período de inscrição
27/06 a 15/07/2022

Apresentação

O Doutorado em Modelagem Matemática possibilita formação acadêmica de ponta, alinhada com as necessidades da sociedade moderna, em todas as aplicações da matemática para a solução de problemas concretos. Além disso, forma profissionais com competências específicas nas diversas áreas da matemática e suas aplicações, o campo de pesquisa científica que representa a característica distintiva do programa.


PÚBLICO-ALVO

Mestres em Matemática, Estatística, Matemática Aplicada, Computação, Engenharia, Física, Economia e áreas afins, que desejam atuar com pesquisa acadêmica, científica e tecnológica ou que pretendam se especializar ainda mais em Modelagem Matemática.


OBJETIVO

Possibilitar ao doutorando a capacidade de analisar cenários e dar suporte à tomada de decisões em situações de uso intensivo de dados e informações, além de ter o objetivo de formar excelentes pesquisadores na área.

Sobre o curso

Linhas de Pesquisa

Esta linha de pesquisa se iniciou mundialmente com desenvolvimento da Probabilidade e a construção formal do Movimento Browniano no início do século XX. Essa é provavelmente uma das áreas da Matemática com as mais aplicações no mundo real. Do ponto de vista teórico, estamos interessados no estudo das Equações Diferenciais Estocásticas e na incorporação de path-dependence em diversos aspectos da teoria.

Além disso, outro aspecto dessa linha é a resolução numérica das equações diferenciais, em particular aleatórias (RDEs) e estocásticas (EDEs). A teoria de EDEs e RDEs são temas, no cruzamento das equações diferenciais e processos estocásticos, com uma ampla variedade de aplicações na modelagem de fenômenos e situações práticas em que as grandezas de interesse estão sujeitas a perturbações aleatórias. Uma vez que obter soluções dessas equações é raramente possível, muita atenção é dada à construção e estudo de métodos de aproximação, com boas propriedades qualitativas, para a integração e simulação das mesmas

A Teoria de Controle Ótimo estuda problemas de Otimização cujas variáveis de estado estão sujeitas à equações diferenciais (ordinárias ou parciais) cujas dinâmicas dependem de uma variável de controle, enquanto a Otimização Estocástica é focada no estudo de problemas de otimização envolvendo incertezas modeladas por um processo estocástico. Um problema de otimização estocástica é em geral formulado usando medidas de risco condicionais.

Nesta linha de pesquisa estudam-se modelos e métodos matemáticos com foco em aplicações em problemas de Finanças, Economia e Ciências Atuariais. Para aplicações em Finanças e Economia os projetos de pesquisa são usualmente baseados em técnicas envolvendo Cálculo Estocástico e/ou Equações Diferenciais Parciais, já as aplicações em Ciências Atuariais, como cálculo de Reservas, tendem a utilizar modelos estatísticos de regressão ou séries temporais.

Epidemiologia matemática é uma disciplina de matemática aplicada com mais de um século de tradição, e que incorpora ieias e métodos de diferentes ramos da matemática na representação e análise de seus objetos de estudo.

Na EMAp, o grupo de Epidemiologia Matemática estuda como as informações sobre como as doenças transmissíveis podem ser tratadas do ponto de vista quantitativo, de forma distinta das clássicas técnicas estatísticas bem conhecidas no meio médico. Além disso, os projetos requerem uma noção básica sobre as suposições biológicas e os modelos matemáticos que estão por trás dos modelos de infecções e das ferramentas hoje disponíveis para extrair informações biológicas a partir desses modelos.

De forma geral, esta linha de pesquisa se divide em aspectos teóricos, metodológicos e aplicados envolvendo análise de dados. Em particular, os pesquisadores da EMAp estão interessados nos seguintes áreas da Estatística: Estimação de séries temporais em alta dimensão; Modelagem de séries temporais não lineares; Testes não-paramétricos; Simulação Monte Carlo para inferência Bayesiana; Inferência estatística para problemas de otimização estocásticos avessos ao risco ou risco neutros (teoremas do limite central, testes de hipóteses, intervalos de confiança não assintóticos); Testes de hipóteses não paramétricos usando técnicas de otimização convexa.

O objetivo da linha é a exploração e o desenvolvimento de objetos e problemas de pesquisa através de métodos oriundos da aprendizagem estatística de máquinas (Machine Learning) e suas aplicações na análise de dados estruturados e não estruturados. Esta gama de objetos empíricos envolve dados numéricos, categóricos, dados textuais, imagens, grafos, séries temporais, dentre outros. A linha compreende também o desenvolvimento de algoritmos, linguagens e metodologias para manipulação destas bases de dados complexas, em tarefas tais como classificação, regressão, aprendizagem, identificação de agrupamentos (clusters), sistemas de recomendação, otimização, extração e representação de conhecimento, modelização de domínios de conhecimento, mineração de dados, mineração textual, visualização, análise de sentimentos, análise de dados em alta dimensão, criptografia.

Campus FGV Botafogo:

Praia de Botafogo, 190 Rio de Janeiro - RJ. CEP: 22250-900 Telefone: +55 21 3799-5917 E-mail: emap@fgv.br

Ouvidoria FGV

Doutorado em Modelagem Matemática

Disciplinas

O Doutorado em Modelagem Matemática da FGV EMAp tem como eixos disciplinares a Matemática Aplicada e as Ciências da Computação e da Informação.

Para a obtenção do título de Doutor, o aluno deverá obter no mínimo 42 créditos, assim distribuídos: seis disciplinas centrais, totalizando 18 créditos, e oito disciplinas eletivas, totalizando 24 créditos. As oito disciplinas eletivas precisam pertencer a duas linhas de pesquisa distintas, sendo que cinco devem ser na linha principal e três em outra (note que a mesma disciplina pode pertencer a mais de uma linha de pesquisa).

Inscrições

No formulário de inscrição, além de dados pessoais e de informações sobre sua formação, os candidatos devem apresentar uma carta descrevendo suas razões para se candidatar ao programa e como pretendem aplicar os conhecimentos adquiridos (sugere-se preparar o texto com antecedência e colá-lo no campo apropriado do formulário).

A inscrição será formalizada mediante ao upload da documentação abaixo, na página de inscrição do Processo Seletivo, disponível na página da Escola:

  1. Documento de Identidade;
  2. Passaporte (candidatos estrangeiros);
  3. Currículo Lattes/CNPq lattes.cnpq.br anexando cópias dos trabalhos mais relevantes, quando houver (opcional) ou Curriculum Vitae;
  4. Formulário de Solicitação de Nome Social;
  5. Laudo Médico (Pessoas com Deficiência);
  6. Diploma de Graduação. Em caso de curso realizado no exterior, o documento deverá ser consularizado pela representação do Brasil (Embaixadas/Consulados) no país de origem do Diploma ou apostilado, conforme a Convenção de Haia, e apresentado com a tradução juramentada;
  7. Diploma de Mestrado (portadores de título de Mestre). Em caso de curso realizado no exterior, o documento deverá ser consularizado pela representação do Brasil (Embaixadas/Consulados) no país de origem do Diploma ou apostilado, conforme a Convenção de Haia, e apresentado com a tradução juramentada;
  8. Candidatos em fase de conclusão de curso de Graduação poderão apresentar, para inscrição ao Processo Seletivo, declaração com previsão de conclusão de curso (emitida há menos de 60 dias). Para a efetivação da matricula será obrigatória a apresentação do Diploma ou Declaração contendo a data de colação de grau;
  9. Classificação e nota em um dos seguintes exames (opcional) validade de 2 anos: POSCOMP, GRE, ANPAD, ANPEC.
  10. Certificado de proficiência em língua inglesa de um dos seguintes testes (opcional): IELTS, TOEFL, Cambridge ESOL: FCE, CAE ou CPE.

Orientações:

  • Os documentos deverão ser digitalizados, gerados no formato “PDF” e anexados à Ficha de Inscrição.
  • Não serão aceitas fotos de documentos.
  • O tamanho máximo permitido para upload de cada documento é de 1,5MB.
  • Os documentos que possuem frente e verso ou mais de 1 (uma) página, devem ser digitalizados em um único arquivo (ex.: identidade, passaporte, diploma, etc.).
  • Os candidatos deverão consultar o status da documentação anexada, através do site, no menu Visão Geral, no link Acompanhe sua Inscrição. Site: www.fgv.br/processoseletivo
  • Os documentos serão verificados no prazo de 3 (três) dias úteis após a confirmação do pagamento da taxa de inscrição. 

 

Critérios de Seleção

Os candidatos ao Doutorado em Modelagem Matemática serão selecionados por uma Comissão de Seleção constituída por Docentes do Programa, de acordo com os critérios abaixo, sendo todas as Fases de caráter eliminatório:

  1. Análise documental;
  2. Entrevista;
  3. Proposta de Pesquisa.

Será atribuída uma única nota, de 0 (zero) a 10 (dez) pontos para cada item componente das fases de seleção.

Fase 1: Análise documental:

  1. Análise do Currículo Vitae ou Lattes;
  2. Proposta de pesquisa.

Fase 2: Entrevista:

  1. A entrevista de seleção ocorrerá no período previsto no Cronograma;
  2. Candidatos residentes em outros Estados, poderão realizar a entrevista via Skype;
  3. O agendamento da entrevista será realizado por meio de e-mail ou contato telefônico pela Coordenação do Curso.

Orientações para realização da entrevista

  1. O candidato deverá chegar ao local da entrevista com, pelo menos, 30 (trinta) minutos de antecedência, portando documento de identidade original com foto ou passaporte;
  2. O candidato que não comparecer à entrevista nas datas, horários e locais determinados estará, automaticamente, eliminado do Processo Seletivo;
  3. Em hipótese nenhuma haverá reagendamento da entrevista em decorrência do não cumprimento de qualquer item do edital;
  4. A FGV não é responsável pela guarda de objetos e não se responsabilizará por perdas ou extravios de documentos de identificação e demais objetos, ocorridos durante a realização da entrevista, nem por danos a eles causados;
  5. Ao ingressar no recinto da realização da entrevista, o candidato deverá desligar e guardar o telefone celular e equipamentos eletrônicos, além de outros objetos, sob pena de eliminação do processo seletivo;
  6. Não será permitido acessar as dependências da FGV trajando bermuda, chinelos, camisetas regatas, minissaia, blusa modelo top ou cropped

Dos critérios para aprovação dos candidatos

Os critérios serão julgados pela comissão de seleção que avaliará a capacidade dos candidatos na análise de cenários e suporte à tomada de decisões em situações de uso intensivo de dados, além de contribuições significativas às pesquisas na área. A média final será composta pela média aritmética alcançada mediante análise dos critérios de seleção, sendo 7,0 (sete) a média mínima de aprovação.

Em caso de empate, a classificação será definida com base nos seguintes critérios:

  1. Maior nota na análise documental;
  2. Maior nota na proposta de pesquisa;
  3. Maior nota na entrevista;
  4. Persistindo o empate será usado o critério da idade, sendo selecionado o aluno com maior idade.

Os candidatos aprovados estarão referenciados em lista, em ordem decrescente, incluindo, eventualmente, uma lista de espera a ser determinada pela comissão de seleção, que poderá ser utilizada em caso de desistência ou desclassificação de candidatos selecionados.

A relação dos candidatos classificados e lista de suplentes serão divulgadas, conforme edital, no portal da Escola de Matemática Aplicada FGV EMAP (https://emap.fgv.br), após finalizadas as etapas, somente poderá efetivar a matrícula o candidato aprovado em todas as fases do processo seletivo.

Resultado Final

O resultado final da seleção para o Doutorado em Modelagem Matemática será divulgado no dia 29 de janeiro de 2021, através de uma lista em ordem alfabética com os selecionados no Processo Seletivo. Os candidatos aprovados serão contatados pela Escola de Matemática Aplicada – FGV EMAp por telefone e/ou e-mail e deverão confirmar sua intenção de matrícula junto a Secretaria de Registros Acadêmicos – SRA de acordo com o período estabelecido neste documento.

Confirmação de matrícula

Para efetivação da matrícula, o candidato deverá, obrigatoriamente, acessar o site do Processo Seletivo – www.fgv.br/processoseletivo > Resultados > Pré-matrícula e realizar o agendamento para atendimento na Secretaria de Registros Acadêmicos, conforme dia e horário de sua preferência.

  1. O período para agendamento está disponível no edital;
  2. O agendamento deverá ser realizado com antecedência, em função da demanda de candidatos, disponibilidade de datas e horários;
  3. Somente serão atendidos candidatos devidamente agendados;
  4. Os candidatos que não cumprirem o horário agendado ou não apresentarem a documentação para a matrícula, conforme estabelecido no edital, deverão aguardar a disponibilidade do atendimento, mediante ausência do candidato seguinte no horário a ele destinado.

A matrícula será formalizada mediante a entrega da seguinte documentação junto à SRA - Secretaria de Registros Acadêmicos:

Candidato brasileiro

  1. 2 (duas) fotos 3x4 recentes;
  2. Documento Oficial de Identidade (não será aceito passaporte);
  3. CPF;
  4. Certidão de Nascimento ou Casamento, conforme estado civil;
  5. Formulário de inclusão de Nome Social;
  6. Laudo Médico (Pessoa com Deficiência); 
  7. Diploma de Graduação. Em caso de curso realizado no exterior, o documento deverá ser consularizado pela representação do Brasil (Embaixadas/Consulados) no país de origem do Diploma ou apostilado, conforme a Convenção de Haia, e apresentado com a tradução juramentada;
  8. Diploma de Mestrado (portadores de título de Mestre). Em caso de curso realizado no exterior, o documento deverá ser consularizado pela representação do Brasil (Embaixadas/Consulados) no país de origem do Diploma ou apostilado, conforme a Convenção de Haia, e apresentado com a tradução juramentada.

Candidato estrangeiro

  1. 2 (duas) fotos 3x4 recentes;
  2. Passaporte;
  3. Visto Temporário de Estudante;
  4. CPF;
  5. Registro Nacional Migratório - RNM;
  6. Certidão de Nascimento ou Casamento, conforme estado civil;
  7. Formulário de inclusão de Nome Social;
  8. Laudo Médico (Pessoa com Deficiência);
  9. Diploma de Graduação. Em caso de curso realizado no exterior, o documento deverá ser consularizado pela representação do Brasil (Embaixadas/Consulados) no país de origem do Diploma ou apostilado, conforme a Convenção de Haia, e apresentado com a tradução juramentada;
  10. Diploma de Mestrado (portadores de título de Mestre). Em caso de curso realizado no exterior, o documento deverá ser consularizado pela representação do Brasil (Embaixadas/Consulados) no país de origem do Diploma ou apostilado, conforme a Convenção de Haia, e apresentado com a tradução juramentada;
  11. Apólice de seguro no importe mínimo de € 30.000 (trinta mil euros) ou US$ 42.000 (quarenta e dois mil dólares americanos) e contemplando traslado para país de origem.

 

DISPOSIÇÕES GERAIS

O cancelamento de matrícula deverá ser feito pelo contratante, via requerimento protocolado na SRA – Secretaria de registros Acadêmicos. Para faturamento de pessoa Jurídica, consulte nosso atendimento financeiro na Secretaria de Registros Acadêmicos – SRA.

 

INFORMAÇÕES ADICIONAIS

 

EDIFÍCIO SEDE DA FGV Praia de Botafogo nº 190 - CEP 22250-900, Rio de Janeiro, RJ

COORDENAÇÃO DO CURSO Praia de Botafogo nº 190, 5º andar - CEP 22250-900, Rio de Janeiro, RJ Telefone: (21) 3799-5917/6262 e-mail: emap@fgv.br Horário de Atendimento: de segunda à sexta, das 08h às 17h

SECRETARIA DE REGISTROS ACADÊMICOS – SRA A/C: Processo Seletivo ao  Mestrado em Modelagem Matemática Praia de Botafogo, nº 190 / sala 314 – 3º andar CEP 22250-900, Rio de Janeiro, RJ Telefone: (21) 3799-5757 e-mail: srarj@fgv.br Horário de Atendimento: 9h às 18h