28/03/2024

Encontro em Fortaleza reúne jovens talentos e destaca educação pública do CE

Evento seguiu a missão de apresentar oportunidade acadêmica a alunos promissores da região. Professores da FGV EMAp marcaram presença e auxiliaram mais de 50 participantes.

Mais de 50 estudantes de escolas públicas do CE compareceram ao 5º Encontro Seleção de Talentos, em Fortaleza - Foto: Divulgação

Mais de 50 estudantes de escolas públicas do CE compareceram ao 5º Encontro Seleção de Talentos, em Fortaleza - Foto: Divulgação

O Centro para o Desenvolvimento da Matemática e Ciências da Fundação Getulio Vargas (FGV CDMC) concluiu com sucesso, nos últimos dias, o 5º Encontro Seleção de Talentos, realizado em Fortaleza. O objetivo do evento foi alcançado: mais de 50 alunos dos 2º e 3º anos do Ensino Médio de colégios públicos do Ceará foram apresentados com a possibilidade de estudar em uma das principais instituições de ensino superior do Brasil. 

A organização proporcionou inúmeras atividades para os participantes, como oficinas interativas, minicursos, gincanas, palestras e mesas temáticas. O objetivo foi oferecer aos jovens cearenses uma experiência única, assim como nas quatro edições anteriores do evento coordenado pelo CDMC, em especial a oportunidade de receber auxílio para adentrar futuramente em cursos de graduação e pós-graduação da FGV, no Rio de Janeiro. 

As palestras foram ministradas por professores de várias instituições de referência no Brasil. Além da FGV, destacaram-se docentes da Universidade Federal do Ceará (UFC), do Instituto Federal do Ceará (IFCE) e da Universidade Regional do Cariri (URCA).

César Camacho, Diretor da FGV EMAp, aprovou o nível dos alunos do CE no Encontro em Fortaleza - Foto: Divulgação

César Camacho, Diretor da FGV EMAp, aprovou o nível dos alunos do CE no Encontro em Fortaleza - Foto: Divulgação

Diretor da Escola de Matemática Aplicada (FGV EMAp) e do FGV CDMC, César Camacho elogiou o nível apresentado pelos estudantes cearenses ao longo do evento e reforçou que a FGV reúne grandes chances de receber vários deles no Rio de Janeiro em breve. Uma vez aprovado no vestibular, o aluno recebe uma bolsa integral na universidade durante a graduação. 

“Este projeto é um programa muito bem estabelecido no Brasil e tem a proatividade de convidar estudantes a prestar o vestibular da FGV. Os cursos são de excelente qualidade e, por isso, a demanda é muito grande. Para mim, os alunos presentes no evento observaram como uma oportunidade preciosa de estudar em uma das escolas de elite do Brasil. O princípio fundamental que norteou nossa iniciativa é que o estudante alcance a realização do seu potencial ao mais elevado nível”, afirma Camacho. 

Importância do evento

O evento expôs desdobramentos importantes para os estudantes da rede pública de ensino. Professor titular e Coordenador do Centro de Excelência de Políticas Educacionais da Universidade Federal do Ceará (UFC), Jorge Lira exalta a importância dos estudantes serem convidados a ingressar nesse segmento e vê a organização da FGV acertar em oferecer um painel completo de opções relacionadas a conteúdo matemático.

Yuri Saporito, professor da FGV EMAp, e Jorge Lira, Professor da UFC, marcaram presença em evento da FGV em Fortaleza - Foto: Divulgação

Yuri Saporito, professor da FGV EMAp, e Jorge Lira, Professor da UFC, marcaram presença em evento da FGV em Fortaleza - Foto: Divulgação

“Foram realizadas conferências e palestras com temas de matemática voltados às Olimpíadas, a problemas matemáticos, mas com aplicações da disciplina no dia a dia. O conhecimento matemático carrega contribuições ao longo da história milenar e seguirá a tendência para o futuro em termos de uso da matemática nas áreas de Finanças, no Aprendizado de Máquina e toda essa revolução de Ciência de Dados e Inteligência Artificial. Tudo isso é fundamental para eles em nível intelectual e no desenvolvimento do bem-estar social”, avalia. 

Para o Cientista-Chefe da Educação Básica do Estado do Ceará, a exposição dos estudantes a eventos como o organizado pelo FGV CDMC serve para derrubar o preconceito de que conhecimento só pertence a poucos estratos da sociedade. O programa da instituição possibilitará vários talentos cearenses a crescer profissionalmente e tudo graças à matemática. 

“A matemática está presente em todos os campos da atividade humana. O fato de o aluno estar exposto a esse painel de conhecimento matemático reforça a ele que o acesso ao conhecimento é pleno. Obviamente que envolve uma extensa preparação, uma intensa resiliência e capacidade de trabalho, porém sem nenhum impedimento por ele ser de escola pública ou de uma classe social menos favorecida. Tais rótulos não são obstáculos para a progressão acadêmica ou profissional. E é bom para tirar esse estigma de que estudante de colégio público não pode formar uma elite pensante ou mudar a configuração socioeconômica do país. A equidade não é incompatível com a formação de uma elite”, completa Lira. 

Visão dos alunos

Marcos Vinicius Burdzinski, aluno do 3º ano do Colégio Farias Brito, conheceu o programa da FGV no ano passado e ficou fascinado pela oportunidade de prosseguir os estudos e alcançar, futuramente, uma universidade de alto nível. Quem sabe, não se mudar para o Rio de Janeiro e iniciar na Escola.

Marcos Vinicius Burdzinski aproveitou ao máximo sua participação no 5º Encontro Seleção de Talentos da FGV em Fortaleza - Foto: Divulgação

Marcos Vinicius Burdzinski aproveitou ao máximo sua participação no 5º Encontro Seleção de Talentos da FGV em Fortaleza - Foto: Divulgação

“Meu desejo de entrar para a FGV está cada vez maior. Almejo ser um líder na área da matemática, repassar meu conhecimento adiante e, sobretudo, influenciar pessoas de forma positiva. Quero ajudar o Brasil a se tornar uma potência ainda mais forte no âmbito científico. A FGV tem todo o apoio necessário para eu atingir meus objetivos, por isso pretendo participar do programa e fazer o curso de Matemática Aplicada. Quero prosseguir no Mundo acadêmico, realizando pesquisas científicas e trabalhando na área da educação. Meu sonho é ser professor de uma universidade de alto prestígio e contribuir para desenvolver as habilidades de futuras grandes mentes de nosso país”, contou. 

Quem também aprovou o evento na condição de espectador foi Francisco Wesley Silva Rodrigues Oliveira, estudante do 3º ano na EEEP José Vidal Alves, em Canindé, no interior do Ceará. Foi sua primeira participação no Encontro Seleção de Talentos da FGV. 

“Esse foi meu primeiro contato com o programa. Foi ótimo me reunir com pessoas que têm um apreço pela matemática e que se propõem a aprender cada vez mais. Sem dúvida, gostei mais dos professores de extrema qualidade que, durante os três dias de evento, fizeram as apresentações das palestras”, opinou Francisco, que pensa em prestar o vestibular para a FGV EMAp para o curso de Matemática Aplicada. 

Assim como Marcos Vinicius, ele também projeta ascender na carreira acadêmica e enxerga a profissão de docência como a mais impactante para formar profissionais e, acima de tudo, indivíduos de caráter. 

“Minha meta é, após a minha formação, começar a dar aulas de matemática. Ser professor é algo que me chama muita a atenção, quero lecionar no Ensino Médio, porque vejo no dia a dia a tremenda importância que um professor tem sobre o desenvolvimento do aluno. Ter a chance de ajudar alguém a se desenvolver é muito gratificante. E, posteriormente, quero transmitir meu conhecimento sendo professor de alguma instituição de Ensino Superior”, completou o estudante. 

Seleção de Talentos

O Centro para o Desenvolvimento da Matemática e Ciências foi criado pela FGV em 2017 com o propósito de identificar, nas escolas públicas do país, jovens talentos para o aprendizado da Matemática de maneira a oferecer a eles a possibilidade de realizar estudos nos cursos de graduação e pós-graduação da instituição no Rio de Janeiro.

Os estudantes são convidados a prestar o vestibular da FGV em algum curso de graduação que a instituição oferece: Matemática Aplicada, Ciência de Dados e Inteligência Artificial, Ciências Econômicas, Administração, Ciências Sociais, Direito e Comunicação Digital.

Em seis anos de iniciativa, foram contemplados aproximadamente 420 alunos com excelente desempenho e medalhistas em competições e Olimpíadas de Matemática.

 

A A A
High contrast

Esse site usa cookies

Nosso website coleta informações do seu dispositivo e da sua navegação e utiliza tecnologias como cookies para armazená-las e permitir funcionalidades como: melhorar o funcionamento técnico das páginas, mensurar a audiência do website e oferecer produtos e serviços relevantes por meio de anúncios personalizados. Para mais informações, acesse o nosso Aviso de Cookies e o nosso Aviso de Privacidade.