Análise da performance de participantes da Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas (OBMEP) por meio de modelos hierárquicos beta inflacionados de zeros

Quem: 

João B. M Pereira

Onde: 

Praia de Botafogo, 190 - sala 537

Quando: 

6 de Dezembro de 2018 às 16h

Um modelo hierárquico beta inflacionado de zeros é proposto para investigar a performance de alunos participantes da Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas (OBMEP). Assume-se que a nota do estudante j em uma escola i é oriunda de um modelo de mistura entre uma distribuição de Bernoulli e uma distribuição beta. A componente Bernoulli é responsável por explicar as notas iguais a zero presentes nos dados. A média da distribuição beta, por sua vez, descreve a natureza hierárquica inerente a estes dados ao incorporar efeitos fixos e aleatórios no nível do aluno (indivíduo) e no nível da escola (grupo). Diferentes distribuições a priori são consideradas para os efeitos aleatórios no nível da escola, variando de completa independência a distribuições espacialmente estruturadas, que levam em conta a localização das escolas. A influência destas distribuições na estimação dos efeitos fixos e aleatórios, assim como no entendimento do problema de forma geral, são então discutidas. Em colaboração com Widemberg S. Nobre, Igor F. L. Silva e Alexandra M. Schmidt.

*Texto informado pelo autor. 

Palestrante: 

João B. M Pereira possui graduação em Estatística (2007), mestrado em Estatística (2010) e doutorado em Estatística (2015) pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), com período sanduíche na Universidade da Califórnia, Santa Cruz (UCSC). Atualmente, é professor adjunto do Departamento de Métodos Estatísticos (DME) da UFRJ. Tem interesse nas áreas de inferência bayesiana, modelos dinâmicos, modelos espaço-temporais e métodos estatísticos computacionais.